À medida que o mundo continua a navegar na pandemia da COVID-19 em curso, a Agência Ban Bé Non Tours está pronto para assistir os viajantes ao longo deste período desafiante. Continue a ler para obter informações de viagens atualizadas sobre São Tomé e Príncipe, formas através das quais pode ajudar a parar a propagação da COVID-19, bem como ferramentas e recursos para se manter a par desta situação em constante desenvolvimento.

Estando em conformidade com as medidas de segurança determinadas pela OMS e pelo estado São-tomense devido a esta pandemia, adotamos as seguintes medidas para que sua viagem seja agradável e principalmente segura:

Uso de máscaras de proteção é obrigatório antes e durante os passeios;

Distanciamento entre os turistas dentro das viaturas e locais públicos;

Disponibilização de álcool Gel/ desinfectante para as mãos em todas as viaturas, para desinfecção das mãos antes de cada passeio e quando necessário;

Não haverá partilha de itens e objetos (cartões, folhetos, brindes e outros…);

Cada viatura de 5 lugares é ocupada apenas por 3 pessoas incluindo motorista, sendo
que o banco de passageiro da parte da frente não deve ser ocupado;

As viaturas de 8 lugares levam no máximo 5 pessoas incluindo o motorista, sendo que o banco de passageiro da parte da frente não deve ser ocupado;

As viaturas de 12 lugares levam no máximo 8 pessoas, incluindo o motorista, sendo que o banco de passageiro da parte da frente não deve ser ocupado. Esta norma é ideal para os nossos estimados clientes que pertencem ao
mesmo grupo ou família;

Os autocarros de 30 lugares têm uma ocupação reduzida para 50% + motorista.

São Tomé e Príncipe tem adotado todas as medidas de segurança e higiene sanitária para garantir que todos os visitantes tenham um bom atendimento e sua saúde salvaguardada. Nossa agência possui o selo Clean and Safe que garante todas as praticas de higiene antes, durante e após cada serviço realizado.

Antes de viajar, certifique-se de que verifica as restrições e diretrizes relativas ao seu país de origem e preste atenção às datas indicadas da viagem que pretende marcar para que tudo esteja de acordo as novas medidas de segurança.

Recursos para o planeamento de viagens durante a Covid-19

Tudo o que precisa de saber para planear uma viagem durante o surto da COVID-19.

  • https://www.smartertravel.com/covid-19-travel-options-need-to-know/
  • https://viagens.sapo.pt/planear/dicas/artigos/covid-19-viajar-ou-cancelar-tudo-o-que-precisa-saber-para-tomar-uma-decisao-sensata

O guia integral de seguros de viagens.

  • https://www.smartertravel.com/travel-insurance-need-know/
  • https://turistaprofissional.com/seguro-viagem-para-portugal/

O que precisa de saber acerca de viagens aéreas e sobre o surto da COVID-19.

O que devo fazer se tiver regressado recentemente de uma viagem?

Os viajantes que tenham recentemente regressado de uma viagem devem monitorizar os seus sintomas durante 14 dias e seguir os protocolos do seu país, estes podem incluir a quarentena durante o período de incubação.

Os sintomas comuns de infeção incluem dificuldade em respirar, febre e tosse. Em casos mais graves, pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos, e eventual morte.

Caso tais sintomas ocorram, os viajantes devem procurar assistência médica e informar os profissionais de saúde sobre os seus sintomas e respetiva história de viagem.

Para mais informações, consulte os recursos sobre a COVID-19 da Organização Mundial de Saúde (OMS) ou dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) COVID-19 e Centro de viagens hub.

Como posso ajudar a abrandar o surto da COVID-19?

Os sintomas comuns de infeção incluem dificuldade em respirar, febre e tosse. Em casos mais graves, pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos, e eventual morte. Qualquer pessoa pode adoecer com o vírus, mas os idosos e as pessoas que já tenham problemas de saúde, tais como tensão alta, problemas cardíacos ou diabetes, pertecem aos grupos de risco mais expostos a uma infeção grave ou à morte. Existem muitos poucos casos de crianças diagnosticadas ou que tenham sofrido gravemente com a doença. O COVID-19 é propagado de pessoa para pessoa através de gotículas passadas pelas vias respiratórias, quando um indivíduo infetado fala, tosse ou espirra perto de outra pessoa, a OMS define esta distância como 0,6 metros. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/about/transmission.html avisaram que o contágio é também possível por meio de contacto com superfícies ou objetos infetados pelo vírus e posteriormente tocando na boca, nariz e olhos. Têm havido alguns casos de contágio através de pessoas sem sintomas, mas tais casos são raros. Atualmente não existe vacina contra o COVID-19. As medidas de precaução da Organização Mundial de Saúde (OMS) https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public são: Lavar as mãos regularmente com desinfetante para mãos à base de álcool Manter a distância de pelo menos 1 metro entre si e quem estiver a tossir ou espirrar Evitar tocar nos olhos, nariz e boca Procurar ajuda médica imediatamente assim que tiver sintomas

Tenha uma ótima viagem, Aguardamos a sua chegada: www.banbenontours.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *